2 maneiras naturais para melhorar sua memória agora mesmo

 

Todo mundo tem momentos de esquecimento ao longo do tempo, especialmente quando a vida fica agitada.

Embora isso possa ser uma ocorrência completamente normal, ter uma memória fraca pode ser frustrante.

A genética desempenha um papel na perda de memória, especialmente em condições neurológicas graves, como a doença de Alzheimer. No entanto, a pesquisa mostrou que a dieta e estilo de vida têm um grande impacto na memória também.

Aqui estão 2 maneiras baseadas em evidências para melhorar sua memória naturalmente.

 

 

1 – Mantenha um peso saudável

 

Manter um peso corporal saudável é essencial para o bem-estar e é uma das melhores maneiras de manter seu corpo e sua mente em ótimas condições.

Vários estudos estabeleceram a obesidade como um fator de risco para o declínio cognitivo.

Curiosamente, ser obeso pode realmente causar alterações nos genes associados à memória no cérebro, afetando negativamente a memória.

A obesidade também pode levar à resistência à insulina e à inflamação, sendo que ambas podem impactar negativamente o cérebro.

Um estudo de 50 pessoas com idades entre 18 e 35 anos descobriu que um índice de massa corporal mais alto estava associado a um desempenho significativamente pior em testes de memória.

A obesidade também está associada a um risco maior de desenvolver a doença de Alzheimer, uma doença progressiva que destrói a memória e a função cognitiva.

 

 

2. Durma o suficiente e melhore a sua memória com o all time pro funciona suplemento para memória e foco.

 

A falta de sono adequado tem sido associada à falta de memória há algum tempo.

O sono desempenha um papel importante na consolidação da memória, um processo no qual as memórias de curto prazo são fortalecidas e transformadas em memórias duradouras.

A pesquisa mostra que, se você está privado de sono, você pode estar impactando negativamente a sua memória.

Por exemplo, um estudo analisou os efeitos do sono em 40 crianças com idades entre 10 e 14 anos.

Um grupo de crianças foi treinado para testes de memória à noite, depois testado na manhã seguinte após uma noite de sono. O outro grupo foi treinado e testado no mesmo dia, sem dormir entre o treinamento e o teste.

O grupo que dormiu entre treinamento e teste foi 20% melhor nos testes de memória.

Outro estudo constatou que os enfermeiros que trabalhavam no turno da noite cometiam mais erros matemáticos e que 68% deles pontuaram menos nos testes de memória do que os enfermeiros que trabalhavam no turno diurno.

Especialistas em saúde recomendam que os adultos consigam entre sete e nove horas de sono a cada noite para uma saúde ideal.

 

Volte para Inicial.

Fernanda

Website: